Fabíola Gadelha perde 25 kg e vira modelo plus size: "excesso de gostosura"
22/08/2015|  Autor : NA TELINHA|   Fonte : NA TELINHA

Fabíola Gadelha, de 35 anos, acaba de estrelar uma campanha de moda plus size. A jornalista hoje é conhecida pelo seu trabalho na Record como repórter do jornalístico "Cidade em Alerta", comandado por Marcelo Rezende.

Em entrevista exclusiva ao blog Espelho Meu, Fabíola conta que o trabalho como modelo surgiu de um convite da Maison Spa, marca de roupas plus size. No entanto, a profissional afirma não se considerar uma gordinha, mas alguém com excesso de gostosura.

Ela confessa já ter se submetido a dietas. No entanto, ressalta que sua maior preocupação é com a saúde, e não se o seu corpo irá seguir os padrões de beleza impostos pela sociedade.

Além disso, a repórter diz ter gostado tanto da experiência como modelo e se disse aberta a novos convites. "Eu amei o trabalho de modelo plus size", comemora.

Confira a entrevista!


Espelho Meu - Como surgiu o convite para ser garota-propaganda da Maison Spa, marca de roupas plus size?

Fabíola Gadelha - A marca se interessou, entrou em contato com a minha assessoria e fez o convite.

Espelho Meu - Você aceitou na hora ou pediu um tempo para pensar?

Fabíola Gadelha - Marcamos uma reunião para entender bem o que seria, como seria. Adorei o trabalho que eles fazem, valorizando as mulheres que precisam usar tamanhos maiores, e logo aceitei.


Espelho Meu - Um repórter tende a ser mais expressivo e menos tímido. Para o trabalho de modelo você teve alguma dificuldade, sentiu vergonha ou encarou o desafio com naturalidade e desenvoltura?

Fabíola Gadelha - Não tive dificuldade. Me diverti muito como modelo, achei o máximo a experiência.

Sexo traz inúmeros benefícios à saúde

Manchas nas unhas podem indicar problemas de saúde

Descubra o que o seu nariz diz sobre você

Espelho Meu - Em recente entrevista, você disse não se considerar uma mulher gordinha, mas alguém que tem excesso de gostosura. Em algum momento na sua vida estar fora do padrão de beleza estipulado pela sociedade a incomodou ou atrapalhou?

Fabíola Gadelha - Isso nunca me incomodou, nem no pessoal e nem no profissional. Não dependo de nada disso para ser feliz! Bonita eu me acho se estiver gordinha ou magrinha. E graças a Deus sempre fui blindada a esses tipos de preconceito. Se tentaram me atrapalhar alguma vez, eu nem percebi [risos].


Espelho Meu - Você já fez dietas ou se submeteu a algum procedimento para emagrecer?

Fabíola Gadelha - Já fiz dietas sim e, por sinal, pretendo seguir uma reeducação alimentar para o resto da vida, sem sofrimento e sem exageros! Comecei um processo de emagrecimento há aproximadamente três meses e, desde então, perdi 25 kg.

Acredito que com limites tudo dá certo, porque o mais importante, independentemente de ser magrinha ou gordinha, é estar saudável. É com isso que eu me preocupo. Ou seja, não é com a balança nem com o corpo ou como ele está sendo visto, mas com a porcentagem de gordura que eu preciso perder para me manter saudável. Eu nunca vou ser magrinha, pois minha estrutura óssea não permite. Sou a mulher brasileira, não sou magrela. É excesso de gostosura mesmo [risos].


Espelho Meu - Pratica exercícios físicos? O que faz para manter a saúde do corpo?

Fabíola Gadelha - Além da alimentação saudável, eu faço aula de dança, musculação duas vezes por semana e uma corridinha de vez em quando. Ainda falta perder uns 5 quilinhos, mas não é algo para ontem. Na verdade, o mais importante agora é manter o peso.


COMENTE COM O FACEBOOK


Portalrondonia Comunicações Ltda. E-mail: redacao@portalrondonia.com