Presos comandavam ações criminosas de dentro das celas
29/06/2015|  Autor : RONDONIAGORA|   Fonte : RONDONIAGORA
2962015-132130-peia1.jpg
Com a operação "Último Comando", deflagrada na manhã desta segunda feira (29), a Polícia civil acredita ter desmantelado uma organização criminosa que comanda o tráfico de drogas e outros delitos de dentro das celas de vários presídios de Rondônia.

O secretário de Segurança, Antônio Carlos Reis, que concedeu coletiva ao lado do diretor de Polícia Civil, Pedro Mancebo e do gerente de Inteligência Luiz Roberto de Matos, disse em Porto Velho que durante quatro meses, as investigações acompanharam o passo a passo dos criminosos e descobriu-se que existia um grupo forte e organizado que comandava ações fora dos presídios.

Reis contou que com autorização da Justiça, conversas telefônicas entre detentos e bandidos que estavam soltos, foram monitoradas e revelaram como funcionava a organização criminosa.

Oitenta policiais civis e sessenta militares, cumpriram 115 mandados de prisão contra criminosos que estão recolhidos em presídios de oito cidades do Estado, a maioria na Capital. "O fato de prendermos quem já está preso foi solicitado à Justiça para que as penas desses criminosos sejam aumentadas. Muitos cumprem penas por crimes de tráfico, e o tempo de prisão é no máximo de oito anos. Agora eles serão responsabilizados também por associação criminosa e certamente passarão mais tempo na cadeia", explicou o diretor de Polícia, delegado Pedro Mancebo.

Ainda segundo a autoridade, com as investigações, a polícia conseguiu evitar crimes que já haviam sido

COMENTE COM O FACEBOOK


Portalrondonia Comunicações Ltda. E-mail: redacao@portalrondonia.com