FLAGRANTE: Coren-RO e Cofen concluem operação de fiscalização e graves irregularidades são encontradas

A megaoperação realizada pela Força Nacional de Fiscalização (FNFIS) e pelo Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia concluiu os trabalhos na sexta-feira (2/3). A operação abrangeu 24 Instituições de Saúde nos municípios de Porto Velho, Ji-Paraná e Ariquemes. Várias irregularidades graves foram notificadas pelos fiscais, sendo as principais: falta de profissionais para atender o dimensionamento, medicamentos vencidos em más condições de armazenamento, inexistência de anotações referentes à assistência de enfermagem prestada no prontuário dos pacientes, profissional sem inscrição válida junto ao conselho, estruturas físicas das unidades precárias e inadequadas, prejudicando a assistência prestada a população. A operação foi realizada no período de 26/02 a 02/03 e teve como finalidade verificar condições de assistência de Enfermagem que impactam diretamente na saúde da população.
“Tivemos uma semana muito importante para a Enfermagem de Rondônia, vamos dar continuidade às ações de fiscalizações e cobrar das autoridades competentes para que os profissionais de enfermagem possam realmente assistir aos cidadãos rondonienses com dignidade e qualidade”, afirmou a presidente do Coren-RO, Silvia Neri.
Instituições de saúde vistoriadas durante a operação – Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, Pronto Socorro João Paulo II, Maternidade Mãe Esperança, Hospital Infantil Cosme e Damião, Cemetron, Hospital de Guarnição, Hospital Santa Marcelina, Hospital Samaritano, Hospital Estella Maris, Hospital Tiradentes (Astir), Hospital Regional de Ariquemes, Clinica Master Plástica/Intensicare, Clinica da Criança, Hospital da Criança, UPA, Casa de Parto (Anexo do Regional de Ariquemes), Casa de Saúde Bom Jesus, Hospital Clismar /Samaritano, Hospital Municipal de Ji-Paraná, Hospital das Clinicas, Hospital Unimed, Centro Materno Infantil Regina Pacis.
%d blogueiros gostam disto:

Add URL