Resultados do MPC no quadriênio 2014/2017 são abordados em sessão plenária do TCE-RO

 

Realizada na última quinta-feira (14), no Plenário Zizomar Procópio de Oliveira, prédio-anexo do TCE, a última sessão ordinária do Pleno do Tribunal de Contas do Estado neste ano foi marcada por mensagens de felicitações e agradecimentos, bem como um destaque relativamente ao encerramento do mandato do Procurador-Geral Adilson Moreira de Medeiros à frente do Ministério Público de Contas (MPC-RO).

Após a apreciação e julgamento dos processos de interesse dos órgãos jurisdicionados ao TCE, os membros que integram o Colegiado se manifestaram no sentido de congratular o MPC rondoniense pelos resultados alcançados não só durante o atual exercício, mas ao longo do quadriênio 2014/2017, sob a gestão do Procurador-Geral Adilson Moreira.

Na oportunidade, em nome do Tribunal de Contas, o conselheiro presidente Edilson de Sousa Silva parabenizou o procurador-geral pelo excelente e efetivo trabalho realizado nos quatro anos de sua gestão, reconhecendo seu esforço, empenho e dedicação em favor da causa de um órgão tão importante quanto o Ministério Público de Contas, guardião da segurança jurídica e da legalidade.

Em face da produção altamente positiva do MPC rondoniense nos últimos quatro anos, período marcado por relevantes conquistas, incluindo a superação de metas estabelecidas, foi ressaltada ainda pelo Pleno a participação e o envolvimento de todos os integrantes do órgão ministerial, como procuradores, servidores e estagiários, nessas ações.

AGRADECIMENTO

A fala do procurador-geral Adilson Moreira, no encerramento da sessão plenária, também foi marcada pelo agradecimento, especialmente ao Colegiado, servidores e toda a instituição pela confiança e apoio depositados durante o período.

“Tenho o sincero sentimento de gratidão, pelos anos de muito trabalho, mas de conquistas e avanços para o nosso Ministério Público de Contas. Nesse particular, agradeço ao Colegiado, pela fidalguia, gentileza e deferência que sempre demonstraram comigo”, declarou Adilson, cujo mandato se encerra no próximo dia 31.

Ainda durante a sessão plenária, o procurador-geral e os membros do TCE aproveitaram para desejar sucesso à nova procuradora-geral, Yvonete Fontinelle de Melo, que guiará os destinos do Ministério Público de Contas. Seu mandato inicia-se em 1º de janeiro de 2018, estendendo-se até 31 de dezembro de 2019.

%d blogueiros gostam disto:

Add URL