Nervosismo na hora da entrevista pode - e vai - atrapalhar a sua contratação

Então você foi chamado para uma entrevista de emprego! Parabéns, esta é uma notícia maravilhosa! O seu currículo venceu milhares de candidatos e a próxima fronteira entre você e o seu novo emprego é… passar pelo entrevistador!

Nervosismo na hora da entrevista pode – e vai – atrapalhar a sua contratação

Ok, calma! Respira fundo e não deixe que o nervosismo tire esta oportunidade que bate à sua porta.

Como fazer isso?  De acordo com Eliane Catalano, coordenadora de seleção da NOSSA Gestão de Pessoas e Serviços,  a pessoa precisa ter autocontrole  para dominar o nervosismo na hora de encarar uma entrevista de emprego:

“Claro que vai dar frio na barriga, não tem como evitar. Mas no momento em que o candidato consegue superar este nervosismo e o entrevistador tem a sensibilidade de perceber que o candidato realmente estava nervoso,  o processo acaba fluindo bem.”

Nervosismo atrapalha até mesmo nas contratações em volume
Quando o candidato participa de uma seleção para vagas de volumes – com uma quantidade enorme de candidatos para turnos de fábricas, por exemplo – a concorrência é muito grande ultrapassando até mesmo alguns concursos públicos. Justamente por este motivo que Eliane reforça a manutenção da calma na entrevista final, pois o candidato está disputando uma vaga com até milhares de pessoas de uma só vez  com a mesma competência:

“O momento da entrevista é a grande chance de ganhar este posto e estar nervoso atrapalha e são os detalhes que trazem e tiram estas vagas da carteira de trabalho.” explica a especialista.

Confira quatro dicas para não perder uma entrevista de emprego pelo nervosismo

1 – Tenha foco total

Possuir um propósito evita nervosismo. O candidato precisa mostrar que é capaz de assumir a vaga e que conhece bem a empresa. Estar muito atento ao que será perguntado e ser objetivo nas respostas só é possível quando se tem um foco bem definido. Muitas pessoas ficam nervosas a ponto de começarem a falar até da vida pessoal sem ninguém perguntar. Esta atitude dá a ideia de não saber escutar e ser prolixo é um grande erro que custa a vaga de excelentes candidatos..

 

2 – Evite a “tremedeira”

De nada adianta a pessoa colocar no currículo que ela é tranquila se na hora H fica mexendo uma caneta, um  óculos, pisca demais os olhos ou bate a perna sem parar. O controle físico precisa ser evidente.  Chegue mais cedo para relaxar e se ambientar ao local.

 

3 – Nunca fique olhando para outros lados o tempo todo

Outro sinal clássico de nervosismo é desviar o olhar. Manter contato visual é altamente recomendado e demonstra que o candidato está com foco na entrevista.

4 – Nunca tente parecer outra pessoa

Se um candidato mais tímido tenta passar uma imagem de ser descolado – dando risadas exageradas, sorrindo e gesticulando sem parar – tudo pode ser um desastre.  Entrevista de emprego não é  o melhor momento para tentar ser ator (a não ser que seja uma vaga em alguma peça de teatro, evidentemente). O corpo fala e o entrevistador é treinado para perceber sinais de artificialidade no comportamento. Além do mais, no momento em que a pessoa entrar na empresa atuando desta forma, os demais colegas e gestores vão perceber

Foto: Pxhere
Fonte: KAKOI Comunicação

%d blogueiros gostam disto:

Add URL