SUFRAMA e Rondônia debatem agenda positiva para a região

O titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Appio Tolentino, recebeu na manhã desta quarta-feira (29), no gabinete da autarquia, a visita institucional do governador do Estado de Rondônia, Confúcio Moura. O encontro foi acompanhado pela coordenadora geral de Estudos Econômicos e Empresariais da SUFRAMA, Ana Maria Souza, e pela chefe de gabinete, Maria Auxiliadora Melo. Na ocasião, foi discutida uma pauta para o desenvolvimento da Amazônia Ocidental que inclui o debate sobre a industrialização das regiões fronteiriças com governadores de toda a Amazônia, prevista para ocorrer em fevereiro de 2018.

 O superintendente Appio Tolentino destacou que a oportunidade será importante para demonstrar a todos os atores políticos da região que a Zona Franca de Manaus não se restringe apenas às indústrias incentivadas do Polo Industrial de Manaus (PIM), como alguns críticos do modelo sugerem. “A SUFRAMA está dando prosseguimento a seis projetos, sendo quatro completamente distintos ao Polo Industrial de Manaus. Isso muda a visão que se tem sobre a autarquia, pois estamos com o leque aberto a toda a área de abrangência da SUFRAMA, não nos restringindo apenas às empresas do PIM, que temos total consciência que são tão importantes quanto todas as demais áreas beneficiadas da região”, disse Tolentino.

 O governador Confúcio Moura afirmou que toda ação da SUFRAMA em sua área de abrangência é fundamental para o fortalecimento da competitividade da Amazônia Ocidental e “a criação de um consórcio de governadores de toda a Amazônia tem o objetivo de fortalecer a região”.

 O desenvolvimento das áreas fronteiriças, como as Áreas de Livre Comércio (ALCs), também foi debatido no encontro, ressaltando a importância da realização de um estudo técnico para identificar empresas e indústrias demandantes de matéria prima regional para prospectar negócios não apenas na região, mas em Estados que comercializam com as ALCs. Desta forma pode-se demonstrar os benefícios bilaterais de se investir nestas áreas. Outro ponto em destaque foi a discussão de uma linha de crédito com o BNDES que possibilitem o avanço da industrialização nestas localidades.

 Confúcio Moura sugeriu que a SUFRAMA apresente uma pauta resumida com o que pode ser incentivado nas ALCs para que sejam criadas missões institucionais de Rondônia para apresentar a potenciais investidores e, assim, criar meios de desenvolver as áreas fronteiriças. Tolentino aceitou de imediato a proposta e lembrou que “isso será benéfico para todos os Estados nos quais a autarquia atua”.

 A visita do governador de Rondônia à SUFRAMA se dá após uma série de ações que a autarquia vem realizando no Estado, o que vem estreitando as relações e promovendo uma maior integração entre a Superintendência e as instituições públicas e privadas de Rondônia.

%d blogueiros gostam disto:

Add URL