OAB/RO realiza audiência pública em alusão ao Dia da Consciência Negra

A Seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RO), por meio de parceria com a Escola Superior de Advocacia (ESA/RO), realiza, nessa quinta-feira (23), no auditório da entidade, uma audiência pública sobre a ‘Consciência Negra’. Voltada à comunidade jurídica, acadêmicos do Direito e demais interessados na cultura afrodescendente, a atividade objetiva orientar e sensibilizar a população sobre políticas voltadas à igualdade racial em liderança e educação, enfrentamento ao racismo e todas as formas de discriminação. O evento acontece em alusão ao Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.

A vice-presidente da OAB/RO e presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas (CDP) da Seccional, Maracélia Oliveira; o conselheiro Seccional Delmário de Santana; a coordenadora de igualdade racial da OAB/RO, Débora Honorato; o presidente da Comissão de Ensino Jurídico da Seccional, Walter Gustavo Lemos, e o desembargador do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO), Gilberto Barbosa, compõem o quadro de condutores da audiência.

Para o presidente da OAB/RO, Andrey Cavalcante, nesse momento a advocacia surge como uma das últimas trincheiras da sociedade na luta pelo Estado Democrático de Direito. “Sempre buscamos estabelecer mecanismos e ações públicas afirmativas para colaborar com a conscientização da sociedade civil, bem como da comunidade jurídica, com relação aos direitos fundamentais dos cidadãos e respeito à diversidade”, enfatiza.

Segundo Maracélia, a ação dá a oportunidade de aproximar a advocacia e sociedade civil em um objetivo único de reflexão acerca do tema. “A cultura afrodescendente trouxe um forte impacto à cultura brasileira e, ainda hoje, é preciso pontuar os aspectos peculiares sobre o assunto a fim de conscientizar, cada vez mais, a população para o combate à discriminação racial e promover a igualdade social”, comenta.

O diretor-geral da ESA/RO, Vinicius Lemos, destaca que a Escola tem papel fundamental no aprimoramento do ensino jurídico da advocacia rondoniense. “A questão da violência contra os negros sempre deve ser lembrada com grande preocupação. Precisamos mudar nossa postura do dia a dia e só assim chegaremos a uma situação de igualdade”, assevera.

Débora Honorato explica que, com a audiência pública, a sociedade poderá perceber a necessidade de fazer cumprir a lei no que tange ao princípio constitucional da igualdade. “Minha bandeira é o empoderamento pessoal, que cada pessoa deve ter dentro de si própria e acreditar que ela é capaz. Principalmente, se for negra, para conseguir driblar as dificuldades que existem”, conclui.

A entrada para o evento é gratuita e acontece nessa quinta-feira (23), no auditório da OAB/RO, que fica localizado na Rua Paulo Leal, 1300, Nossa Senhora das Graças.

%d blogueiros gostam disto:

Add URL